Tipos de Ferida

Úlceras Diabéticas / Neuropáticas: Causadas por danos nos nervos e vasos em áreas com pouca circulação sanguínea. Esses tipos de úlceras são comumente presentes em pacientes com diabetes, espinha bífida, câncer e outras doenças vasculares.

Úlceras por Pressão: Ocorrem pela falta de fluxo sanguíneo em pontos do corpo que sofrem alta pressão e fricção. Essas úlceras são prevalentes em pacientes que estejam com a mobilidade limitada.

Feridas Crônicas: Não cicatrizam através de métodos convencionais ou são aqueles tipos de feridas que se desenvolveram ao longo do tempo. Essas feridas são comuns entre pessoas idosas ou populações com algum tipo de deficiência.

Feridas Agudas: Causadas por cirurgias ou por lesões ocorridas através de acidentes.

Deiscências: São feridas desenvolvidas dentro de uma ou duas semanas após uma cirurgia e ocorrem quando as camadas da pele se separam na região suturada.